quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

DICAS AOS PAIS: PIOLHO


PIOLHO ?




Vive agarrado aos fios de cabelo. Os piolhos passam de uma cabeça para outra através do uso de chapéus, pentes, bonés e tiaras de cabelo emprestados de outras pessoas que também tenham piolho.

SINTOMAS: Coceira intensa e irritação do couro cabeludo.
  



COMO EVITAR
Não usar pente, chapéu, boné, lenços de cabeça, presilhas e capacetes que sejam de outras pessoa.
Estar atendo quando as crianças começarem a coçar a cabeça com maior frequência.
Inspecionar a cabeça em busca do piolho !
     


COMO TRATAR
Levar a criança ao médico para que ele recomende o produto adequado.
Além do produto, passar o pente fino todos os dias no cabelo.



_________________________________________________________________________________


VAMOS FALAR DE PIOLHO
1- O que é Pediculose?
Pediculose é a infestação por piolhos (Pediculus humanus capilis) e lêndeas. Ela pode atingir qualquer pessoa, qualquer idade, sexo ou classe sócio-econômica, com bons ou maus hábitos de higiene, mas ocorrem principalmente em crianças de 3 a 10 anos, ou seja, em idade pré-escolar ou escolar. Como a pediculose é transmitida pelo contato pessoal ou pelo uso de objetos de outro indivíduo infestado, locais como escolas são propícios para a sua proliferação. Por isso, ao menor sinal da presença de piolhos, avise a escola para que ela comunique o problema aos outros pais, uma medida importante para auxiliar no controle de um possível surto. Mais crianças, pode estar infestadas e é muito importante tratá-las também, para que não ocorram reinfestações.
2- O que é piolho? O que é lêndea?
 É um inseto parasita que vive no couro cabeludo e cujo alimento é o sangue humano, Seus ovos, as lêndeas, são colocadas e cimentadas na base dos fios de cabelo pelas fêmeas e,  em alguns dias, se transformam em piolhos adultos.
3- Quais os Sintomas?
 Tudo começa com uma coceirinha, que logo vira um grande desconforto. Incomoda bastante e a criança pode ficar irritada, ter o sono perturbado, perdendo até mesmo a atenção durante a aula. A coceira intensa pode causar feridas no couro cabeludo, podendo ocorrer até uma infecção bacteriana secundária.
4-Como prevenir e tratar?
A melhor prevenção é a observação. Examine freqüentemente a cabeça das crianças. Assim, fica mais fácil detectar a presença de piolhos e lêndeas logo no início. Se houver infestação, lave os objetos de uso pessoal e roupas de cama com água bem quente ou mantenha-os fora de uso por 2 semanas. Os pentes e escovas devem ser lavados com água bem quente por 5 a 10 minutos. É importante tratar o pediculose com pediculicídas, ou seja, com medicamentos específicos para eliminar piolhos e lêndeas. É muito importante não utilizar inseticidas comuns, que podem até intoxicar a criança. O uso de pente fino também é imprescindível, pois auxilia na remoção dos piolhos e das lêndeas, complementando o tratamento.
 ESFOLIAÇÃO
Misture fubá com óleo. Faça uma pasta e esfregue no couro cabeludo úmido, ainda esfregue nos fios do cabelo com cuidado. Sairão quase todas as lêndeas e piolhos. Lave o cabelo normalmente com seu shampo rotineiro.

OBS.: Existe um shampo e condicionador próprio.


IMPORTANTE: Procure o Posto de Saúde.

Um comentário:

  1. Precisamos do apoio dos pais e o comprometimento em buscar atendimento médico para eliminarmos com o piolho que é uma doença.

    Daniele

    ResponderExcluir